Aumentar as possibilidades na joalheria


Aumentar as possibilidades na joalheria

Transpor alguns modelos do mundo físico para o virtual com as ferramentas de medição tradicionais demandam muito retrabalho para ajustes posteriores, muitas vezes envolvendo vários processos. Quando o investimento se torna demasiadamente elevado, compensa digitalizar a peça inicial com precisão e com a técnica adequada.

Gemas de cor valiosas possuem formatos únicos, irregulares, que são disfarçados pelo trabalho dos designers e ourives envolvidos no processo. 

Pequenos objetos, grandes projetos:

O modelo obtido via digitalização 3D (em verde) x modelado com o software 3Design (em cinza).

A primeira peça pode ser feita à mão, mas para repetir com perfeição, o par ou conjunto pode ser fruto da virtualização da primeira peça.

No caso a seguir a peça foi modelada com argila em torno da opala branca e digitalizada com o auxílio de digitalizador 3D, a esse modelo foi acrescida o posicionamento das outras gemas em 3D e seguiu-se para posterior impressão pelo método tradicional. A peça continuou sendo feita manualmente, apenas com um auxílio da tecnologia. Exemplo extraído de vídeo da joalheria russa Mousson, de 2010.